Equipes de Curitibanos e São José vencem desafios SENAI Challenge de cadeira de rodas e de internet

Evento reuniu estudantes de cursos técnicos em eletromecânica e em informática de diversas regiões do Estado, que aplicaram conhecimentos em projetos práticos
Imprimir
  • Na construção das cadeiras de rodas, alunos foram desafiados a buscar soluções de baixo custo. Foto: Rúbia Sousa
  • Foto: Rúbia Sousa
  • Foto: Rúbia Sousa
  • Foto: Rúbia Sousa
  • Foto: Rúbia Sousa
  • Foto: Rúbia Sousa
  • Foto: Rúbia Sousa
  • Foto: Rúbia Sousa
  • Foto: Rúbia Sousa
  • Foto: Rúbia Sousa
  • Foto: Rúbia Sousa

Florianópolis, 29.11.2017 – Desafios, conhecimento e inovação marcaram a etapa do SENAI Challenge que ocorreu no último sábado (02) em Blumenau. O evento, que reuniu estudantes dos cursos técnicos do SENAI/SC para vivenciar situações reais da indústria, teve duas provas: cadeiras de rodas motorizadas (com alunos de cursos técnicos em eletromecânica) e de internet das coisas, para alunos de informática.

Na primeira, os alunos apresentaram projetos de cadeiras de rodas motorizadas de baixo custo, que funcionam tanto pelo comando no controle-remoto como manualmente. Já na segunda modalidade foram desenvolvidas soluções focadas em internet — entre elas, uma vitrine inteligente e um aplicativo para usuários do transporte coletivo da cidade.

Para Jacir Lenzi, diretor do SENAI em Blumenau, o evento promove o modelo de educação adotado pela instituição. “É neste momento que eles aplicam tudo aquilo que aprenderam em sala de aula. Acima de tudo, o que vale é a construção do conhecimento e a troca entre as unidades. Esse é o caminho da educação do futuro”, destaca.

Professor do curso técnico de Eletromecânica do SENAI Indaial, Hélio Neves da Silva assinala que, para os alunos, ver o trabalho acontecendo é motivador. “Ao mesmo tempo, eles sentem que estão beneficiando a sociedade porque mostramos para o mercado que podemos produzir itens modernos e de baixo custo”, diz.

Exemplo disso é o aluno Mateus Finardi, 18 anos, de Indaial. Ele foi um dos responsáveis pela elaboração da cadeira de rodas motorizada que integrou a competição. “É sempre importante levantar a bandeira da acessibilidade, e o SENAI Challenge fez isso. Além disso, foi uma grande oportunidade de aprender e crescer”, aponta.

Nesta categoria, a equipe vencedora foi de Curitibanos, seguida por Tijucas e São Bento do Sul.

Tecnologia em pauta

Quem vistou o SENAI Challenge também teve a chance de observar as soluções desenvolvidas pelos alunos para a internet das coisas. Um dos destaques foi um aplicativo pensado para auxiliar a comunidade que utiliza o transporte coletivo do município. Em tempo real, o app mostra quanto tempo falta para que o ônibus chegue ao ponto em que o passageiro pretende embarcar, por exemplo.

“Criar algo novo hoje em dia é difícil, mas o objetivo do desafio é justamente esse. Para os alunos que estão saindo do curso agora, é uma ótima forma de mostrar como será o mercado de trabalho”, ressalta o professor William Chenta, do curso de Tecnologia em Informática.

Alunos de São José venceram a categoria, seguindos por Joinville e Luzerna.

 

Com Informações de Camila Iara/Presse Comunicação

Assessoria de Imprensa

Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina