FIESC sedia reunião de Programa Estratégico para Indústria Avançada

Evento reuniu representantes da Federação das Indústrias de Santa Catarina, SENAI, MCTI, CNI, BNDES, CNPq e SEBRAE
Imprimir
  • Côrte e Campagnolo (d) participaram do encontro. Foto: Filipe Scotti.

Florianópolis, 25.10.2017 – A Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC) sediou, nesta quarta (25), reunião do Programa Estratégico para Indústria Avançada, que está discutindo propostas de políticas públicas para a questão. Participaram representantes da própria FIESC, SENAI, Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), Confederação Nacional da Indústria (CNI), Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE).

Este foi o segundo encontro de três encontros do grupo. O primeiro foi em São Paulo (nos dias 12 e 13 de setembro) e o último será em Brasília, nos dias 8 e 9 de novembro, quando será apresentada a proposta de política para indústria avançada. A agenda em Santa Catarina será concluída nesta quinta, com visitas às empresas Whirlpool e Embraco (de Joinville), Azimut e MGN Fundição (de Itajaí) e Lunã (de Penha).

O encontro contou com a participação do presidente da FIESC, Glauco José Côrte, e do coordenador geral de Serviços Tecnológicos da Secretaria de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), Jorge Campagnolo. A programação em Santa Catarina é organizada pelo SENAI/SC e pelo Observatório da Indústria, da FIESC.

 

Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina

Assessoria de Imprensa